Blog


Empresas de fomento comercial são uma boa alternativa para juros menores

Empresas de fomento comercial são uma boa alternativa para juros menores

  02/06/2017

O presidente do Sindicato das Empresas de Factoring (Sindisfac-MG), Marcelo Costa, destaca que, em média, a taxa de ágio cobrada para antecipar os recebíveis gira em torno de 4,0% do valor a receber. “É mais vantajoso do que recorrer a bancos, pois os juros de linhas como o cheque especial, por exemplo, chegam a 17% ao mês. E, na factoring, ele vai pagar proporcionalmente: se precisar antecipar um recurso por apenas cinco dias, pagará por esse período”, explica o dirigente.

 

A maioria dos clientes antecipa os recebíveis para pagar fornecedores e folha de pagamento.

 

Para Cecim Calixto ( Empresário do Ramo de Odontologia em Curitiba ), a factoring ajuda a manter as contas e a margem de lucro.  Então, muitas vezes eu antecipo meus recebíveis na factoring ou securitizadora comprando a vista com margem de desconto de 10% , “ é vantagem pagar 4,5% “,  justifica.

 

O presidente do Sindisfac-MG destaca que a vantagem da factoring em relação aos bancos é a simplificação do processo. “Quando uma factoring vai antecipar um recebível, todos os riscos de inadimplência são avaliados. Aquilo que seria pago ao nosso cliente pelo cliente dele passa a ser pago a nós. Se o cliente final não pagar, o nosso paga”. As transações de transferência da dívida são devidamente autorizadas. “Na prática, não afeta em nada o consumidor, que continua pagando do mesmo jeito”, explica Costa.